Estudante de arquitetura na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da Universidade de São Paulo (USP). Moradora do Jardim Princesa, na zona norte de São Paulo, e primeira da família a cursar o ensino superior.

Meu pai veio da Paraíba e minha mãe da Bahia, ambos do sertão, e chegaram à cidade para trabalhar. Eles sempre me estimulavam a estudar, e minha mãe passou horas na fila para conseguir uma boa escola pública.

Pelo esforço dela, eu estudava na melhor escola pública da região. Mesmo assim, começou a ser frustrante, pois me dedicava, mas não tinha o reconhecimento. Foi então que recebi uma carta sobre o Projeto e decidi prestar a prova. Passei e entrei no Etapa em 2010. Além da bolsa de estudos, tinha apoio do Ampliando Talentos com os gastos com transporte, alimentação e livros. Isso foi fundamental.

Aí, quando vi a estrutura do Colégio foi um choque: há quatro elevadores lá, sendo que, na escola pública de onde vinha, muitas vezes, nem tinha papel higiênico. Era muita diferença. Para ir, chegava a passar duas horas no ônibus e no metrô. Aproveitava esse tempo para estudar e ler.

E o esforço valeu a pena: com o apoio do Ampliando Talentos pude estudar, prestar o vestibular, passar na USP. E hoje estou apaixonada pela faculdade: adoro os laboratórios e os trabalhos. Quero experimentar tudo o que a USP pode me dar.

Anúncios